MANUEL CARVALHO

BIOGRAFIA

 


Manuel Carvalho

Nasceu "alpié de la raia de Spanha", em Cicouro, Miranda do Douro, em 1946.

Cedo foi arrancado ao torrão mirandês e levado "lá para baixo", como então se dizia, em busca duma vida menos sacrificada.

Colares e a Batalha foram terras que o viram crescer.

Passou a adolescência nos Outeiros da Gândara dos Olivais, Leiria, onde se iniciou no mundo das letras.

Fez a guerra colonial em Angola. Depois, viveu no Porto, em Paris e em Lisboa.

Em 1980 radicou-se em Montreal, no Canadá, onde teima em resistir ao canto das sereias do "melting pot".

Tem as suas reflexões de andarilho semeadas por jornais, revistas e livros.

Cidadão do mundo, luso-canadiano, português, transmontano, hoje, iniciada a viagem espiritual de regresso às origens, já se daria por satisfeito se o considerassem um bom mirandês.

Sonha, pois, recuperar a sua identidade perdida e poder um dia ser capaz de talhar um texto escorreito na sua língua materna, essa "lhéngua mirandesa, doce cumo ua meligrana, guapa i campechana."